13-01-2018-ginastica-facil-cirurgia-plastica-dr-luis-maatz-cirurgiao-plastico-crm-sp-129318-sao-paulo-jundiai

Ginástica facial ajuda a manter o seu sorriso sempre jovem!

13/01/18 - iG São Paulo


Além de dentes saudáveis, a pele do rosto também impacta na beleza do seu sorriso; aposte em alguns exercícios fáceis e práticos

As rugas e linhas de expressão são sinais do quanto já vivemos, mas também denunciam algumas dificuldades como estresse, por exemplo. Um sorriso emoldurado por essas linhas podem perder parte do seu brilho. Seja para prevenir ou recuperar a formosura do seu sorriso, a ginástica facial pode ser uma importante aliada.

Mas, afinal, o que é essa ginástica facial ? “A ginastica facial trata-se de exercícios musculares para região da face, que tem como objetivo, além de fortalecer a musculatura, aumentar a circulação sanguínea local e suavização das rugas”, explica Marina Jácome Formiga Teixeira, fisioterapeuta especializada em dermatologia funcional pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e parte da equipe do cirurgião-plástico Luís Felipe Maatz, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

As marcas e linhas de expressão são causadas pelo envelhecimento natural da pele e agravadas pelos gestos repetitivos, estresse, má alimentação e o fumo.

Vendo pelo lado positivo, já existem exercícios criados com o objetivo de ajudar a frear e retardar o envelhecimento do sorriso, ao focar na musculatura ao redor da boca.

“As bochechas ficam flácidas, assim como toda face, com o aumento da idade, pois perdem colágeno e elastina, que são proteínas que dão sustentação ao rosto. A perda de massa muscular e outros fatores como oscilações do peso corporal [ganhar e perder peso de forma rápida, o chamado efeito sanfona], exposição solar, tabagismo, etc. Para evitar esses efeitos, é importante controlar o peso, usar filtro solar regularmente, não fumar e a prática de exercícios de ginástica facial”, aponta Marina.

Ginástica facial ajuda a combater o bigode chinês O bigode chinês são linhas finas que formam-se do nariz, contornando a boca até a região do queixo.

Para ajudar a deter esses efeitos, Marina sugere o seguinte exercício: “Segure a bochecha com a mão contrária, usando o dedão por dentro da boca e o indicador por fora. Tente sorrir, fazendo resistência com a mão que está segurando. Repita os exercícios do ouro lado do rosto. Faça 20 vezes em cada lado, seis dias por semana”.

Papada também pode melhorar com a ginástica facial Segundo a fisioterapeuta Marina, a papada pode ser melhorada com exercícios regulares. “É importante manter a constância nos exercícios”, diz a especialista.




Contato